30/01/09

Professores tornam o faz-de-conta mais divertido com vídeos e visitas


Desenvolver os aspectos físico, psicológico, intelectual e social de crianças de até seis anos de idade, complementando a ação da família e da comunidade, é a finalidade da educação infantil. Os professores usam várias metodologias e, em grande parte delas, jogos e brincadeiras. No Sul e no Nordeste, duas professoras decidiram ir além. Em Joinville, Santa Catarina, Eliana Maria Gastaldi filmou uma história encenada pelas crianças. Em Natal, Edna Maria da Silva optou por mostrar tubarões na sala de aula. Ambas são ganhadoras do prêmio Professores do Brasil deste ano.

Filha de professores, Eliana leciona há 16 anos. Ela começou a usar vídeos em sala de aula em 2006. “Percebi que faltava um pouco de senso crítico das crianças na hora de escolher os filmes. Resolvi mostrar a elas como era o processo de montagem de um vídeo”, explica. Com uma turma de estudantes de seis anos de idade do Centro de Educação Infantil Zé Carioca, ela fez uma análise dos episódios do Sítio do Pica-Pau Amarelo e montou o primeiro vídeo.

Com o sucesso do projeto, a professora decidiu repetir a experiência, nos anos seguintes, com os alunos de quatro e cinco anos. Segundo ela, a metodologia permite trabalhar não só o desenvolvimento da linguagem oral, como o da escrita. “Eles fazem o roteiro, relatórios de produção e dividem a gravação cena por cena”, conta.

Além disso, de acordo com Eliana, os alunos aprendem a trabalhar em grupo e a analisar o resultado do próprio trabalho. “Gravamos as cenas e, depois, vamos para a sala de vídeo para a avaliação. Se eles acham que não ficou boa, gravamos novamente”, ressalta. Outras duas professoras da escola preparam-se para usar os vídeos e editar as imagens no computador.

Com o último trabalho, O Susto dos Dálmatas, a professora ganhou o prêmio Professores do Brasil. Formada em pedagogia, ela pretende investir o dinheiro do prêmio (R$ 5 mil) em um curso de mestrado.






Renata Chamarelli

Fonte: http://portal.mec.gov.br

Professora da Rede Municipal premiada em Festival de Vídeo Estudantil


Joinville (14/11/2007) - Diretoria de Comunicação

O vídeo produzido pela professora Eliana Maria Gastaldi, do Centro de Educação Infantil (CEI) Zé Carioca, conquistou o primeiro lugar na categoria Mostra Infantil na 6a. edição do Festival de Vídeo Estudantil e Mostra de Cinema, realizado na semana passada na cidade de Guaíba, na Grande Porto Alegre.
A produção vencedora é resultado de um trabalho realizado pela professora Eliana e pelas crianças da turma de seis anos durante três meses do ano passado. Com roteiro, trilha sonora, cenário e figurino, a equipe adaptou um episódio do Sítio do Picapau Amarelo, da Rede Globo, chamado "A Vingança da Gárgula".
A história foi recontada em seis minutos, com a participação direta das crianças. "Mesmo aqueles mais tímidos, que não quiseram participar das gravações, colaboraram pintando o cenário e ajudando de outras maneiras", conta a professora.
Eliana Gastaldi recebeu um troféu da organização do festival. Ela teve ainda um outro trabalho, realizado neste ano, que ficou entre os finalistas da mesma categoria.
Professora há 10 anos, Eliana trabalha no CEI Zé Carioca, da rede municipal de ensino, há mais de seis. "É um reconhecimento do trabalho. Fiquei muito feliz", destacou.
A coordenadora de Educação Infantil da Secretaria Municipal de Educação, Solange Coral, disse que recebeu a notícia com muita alegria. "São nossos professores, com suas práticas significativas em sala, ganhando destaque no cenário nacional", ressaltou.


Os vídeos da professora Eliana Maria Gastaldi
1o. lugar na categoria Mostra Infantil


Sítio do Pica-pau Amarelo
Direção: Eliana Maria Gastaldi
Centro de Educação Infantil Zé Carioca, Joinville/SC
Sinopse: Em um castelo sinistro, um terrível conde planeja capturar o Visconde, e para isto transforma um empregado em uma gárgula, aprisionando o Visconde. Este é salvo pela Emília e pelas caiporas, criaturas protetoras da floresta.





Finalista da categoria Mostra Infantil


O segredo dos animais
Direção: Eliana Maria Gastaldi
Centro de Educação Infantil Zé Carioca, Joinville/SC
Sinopse: Os animais de uma fazenda guardam um segredo:longe dos olhos do fazendeiro, vivem situações humanas,onde acontece alegria, tristezas, amor, festas, dificuldades e homens corajosos defendendo os mais fracos. Para combater seu maior inimigo, o terrível coiote, eles se unem, mostrando que o amor sempre vence!




Contatos: Professora Eliana Maria Gastaldi (3436-0128)
CEI Zé Carioca Rua Voluntários da Pátria 110 bairro Itaum

Making Of - Terreno Bem Cuidado Futuro Preservado

Making Of das gravações do vídeo produzido com os alunos da 2 série que fez parte do projeto desenvolvido em 2007 e 2008 sobre a recuperação de um terreno baldio próximo à escola.


Para saber mais sobre o projeto acesse o blog da professora Mari Cipriano:
http://mariprofa.blogspot.com!

11/11/08

A História das Coisas

Num trabalho colaborativo da comunidade PERMACULTURA, do Orkut, o documentário The History of Stuff recebeu um site em português com o vídeo dublado em vários formatos para donwload e ainda a transcrição integral do texto.

Ótimo material para um trabalho interdisciplinar.

19/11/07

Dia Internacional da Animação

Dia 28 de Outubro é o Dia Internacional da Animação.Mostra de curtas-metragens nacionais e internacionais.



Estão abertas as inscrições para seleção de curtas-metragens de animação brasileiros com técnica livre para o DIA. O evento será realizado em várias cidades brasileiras e em vários países no dia 28 de outubro de 2007. Os interessados em participar deverão preencher a ficha técnica e envia-la por e-mail para super8prod@yahoo.com.br.

COMO SURGIU O EVENTO NO MUNDO:

Foi nesta data que, em 1892 (3 anos antes do cinematógrafo ser apresentado pelos irmãos Lumiere), que Emile Reynaud realizou a primeira projeção do seu teatro óptico no Museu Grevin, em Paris. Essa projeção foi à primeira exibição pública de imagens animadas (desenhos animados) do mundo.

Para saber mais visite: http://diadaanimacao.atspace.com/oquee.html

22/10/07

Dia Internacional da Animação

Dia 28/10 é o Dia Internacional da Animação. E a edição 2007 do evento já conta com 50 cidades participantes com previsão de público superior a 30 mil pessoas em todo o país.

A Mostra será exibida simultaneamente às 19 horas, visando a difusão e democratização do trabalho dos animadores e proporcionando aos seus espectadores o contato com essa arte cinematográfica.

O Dia Internacional da Animação é organizado pela Associação Brasileira de Cinema de Animação (ABCA), filiada à ASIFA, e seus membros espalhados em todo território nacional.
É o maior evento simultâneo do gênero a ser realizado no Brasil, contando com o apoio e a participação do público, imprensa e profissionais da área.

Joinville está preparando uma super sessão de cinema para o dia 28 de outubro. O evento acontecerá na sala de Cinema da Cidadela Cultural Antarctica que tem capacidade para 150 pessoas.

Como aquecimento para as Mostra oficial que inicia às 19h30min, haverá uma mostra das animações locais com bate papo com animadores, ilustradores e professores da cidade. A mostra local começa às 18h. No intervalo entre a Mostra local e a Mostra oficial, haverá distribuição de pipoca para o público.

Local: Sala de Cinema da Cidadela Cultural de Joinville.
Endereço: Cidadela Cultural Antarctica, Rua XV, 1383
Horário:
- Mostra Local – 18h;
- Mostra Nacional e Internacional – 19h
Coordenação Local: Chicolam
Telefones: (47) 3473.0772, (47) 8809.2622, (47) 8823.2066.
E-mail: chicolam@caranguejo.com

09/10/07

SESC Joinville apresenta FESTIVAL DE CURTAS METRAGENS



O SESC Joinville, através do SESC Cultura, tem o prazer de convidar você e sua família para prestigiar um FESTIVAL DE CURTAS METRAGENS.
As exibições acontecerão nos dias 16, 17 e 18/10/2007, na Sala de Cinema da Cidadela Cultural Antarctica, a partir das 19h30min e a entrada é franca.

Confira a programação dos 3 dias e prestigie...
FESTIVAL DE CURTAS METRAGENSSESC - JOINVILLE

DATA: 16/10/2007
LOCAL: SALA DE CINEMA DA CIDADELA CULTURAL ANTARCTICA
HORÁRIO: 19h30min
ENTRADA FRANCA
TÍTULO: VELHA HISTÓRIA
GENERO: ANIMAÇÃO
DURAÇÃO: 6 minutos
Indicado para todas as idades
SINOPSE: Um dia, quando pescava à beira de um rio, um homem pega um peixe. A partir de um gesto de afeto do pescador, os dois desenvolvem uma linda amizade, que é admirada por todos na cidade. Toda a história, feita em animação com massa de modelar, é narrada através de poema de Mário Quintana, declamado pelo ator Marco Nanini.

TÍTULO: PARA CHEGAR ATÉ A LUA
Gênero: Animação
Duração:10 min Indicado para todas as idades
SINOPSE: Como será viver tão sozinho a ponto de nem sequer saber o que é solidão? Assim vive Jaime, uma mosca-das-frutas. Ao renascerem, elas possuem apenas um dia e um único propósito de sobreviver, acasalar e morrer. Porém, Jaime nasce atrasado em relação aos seus irmãos e irmãs e perde o ciclo da vida ao qual fora destinado .Agora, menos de um dia de vida , Jaime inicia sua curta jornada pelo mundo, buscando algo que de sentido a sua existência.

TÍTULO: Meus Amigos Chineses.
GÊNERO: Ficção.
DURAÇÃO: 15 minutos
Indicado a partir de 12 anos
SINOPSE: Através de suas duas paixões, o futebol e a coleção de selos, um menino de 9 anos conhece seus vizinhos chineses. Com o golpe militar de 1964 os chineses são presos.

TÍTULO: O Nordestino e o Toque de sua Lamparina
GÊNERO: Desenho
DURAÇÃO: 15 minutos
Indicado para todas as idades
SINOPSE: Um nordestino achou uma lâmpada mágica e terá direito a 3 pedidos, porém o gênio realiza somente por um pequeno período de tempo, será que esse nordestino irá gostar???

TÍTULO: TEM BOI NO TRILHO
GÊNERO: ANIMAÇÃO
DURAÇÃO: 5 minutos
Indicado para maiores de 10 anos
SINOPSE: Um bezerro abandona a boiada, atraído pelo trem que passa pelo sertão em seca. O que parecia uma trágico desastre, cede lugar a um final reflexivo acerca da liberdade social.

TÍTULO: Baseado em estórias reais.
GÊNERO: Ficção.
DURAÇÃO: 13 minutos
Indicado a partir de 12 anos.
SINOPSE: No ano de1972, durante o período da ditadura militar, duas histórias se cruzam: na primeira, um jovem, Roberto Schmidt(Daniel Riach), membro de um grupo guerrilheiro, é preso durante a tentativa de um assalto a banco. Sandra(Sônia Fontes), um jornalista que presencia a cena, decide escrever um artigo sobre o fato. Na segunda história, que se desenvolve paralelamente, uma mulher(Margareth Galvão)prepara a receita de um bolo.Baseado em Estórias Reais é acima de tudo uma crítica e uma análise ao período da Ditadura Militar no Brasil. O filme mostra um outro lado da realidade da época, criando personagens reais e complexos, muitas vezes esquecidos pelo tempo. No elenco também se destaca as atuações de José Augusto Loreiro, Jorge Maia e Charles Fricks

DATA: 17/10/2007
LOCAL: SALA DE CINEMA DA CIDADELA CULTURAL ANTARCTICA
HORÁRIO: 19h30min
ENTRADA FRANCA

TÍTULO: Marina
GÊNERO: Ficção
DURAÇÃO: 15 minutosANO: 2003
Indicado a partir de 12 anos.
SINOPSE: Marina e Pedro eram muitos amigos, protegidos pela infância. Até que o mundo dos adultos descobre uma mulher nos doze anos de Marina.

TÍTULO: MEOW
GÊNERO: ANIMAÇÃO
DURAÇÃO: 8 minutos
Indicado para maiores de 6 anos
SINOPSE: Um gato esfomeado fica sem leite, e é convencido a tomar um certo refrigerante. Será ele mais uma vítima da globalização? Terá ele salvação?

TÍTULO: Maracatu, Maracatus.
GÊNERO: Documentário.
DURAÇÃO: 14 minutos
ANO: 1995
Indicado a partir de 10 anos
SINOPSE: As diferenças culturais entre as várias gerações de integrantes do maracatu rural, ritual afro-indígena que tem suas origens nos engenhos de açúcar de Pernanbuco.

TÍTULO: BARBOSA
GÊNERO: Ficção
DURAÇÃO: 12 minutos
Indicado a partir de 10 anos
SINOPSE: Rapaz volta de 16 de julho de 1950 para tentar evitar a falha do goleiro Barbos, que tirou a Copa do Mundo de Futebol do Brasil em plena inauguração do estádio do Maracanã.

TÍTULO: O NOSSO LIVRO
GÊNERO: FICÇÃO
DURAÇÃO: 15 minutos
SINOPSE: Isabel e Roberto não se conhecem, mas trocam bilhetes em livros numa biblioteca. Poeticamente o filme traça um encontro de amor através da literatura.

TÍTULO: A MÚSICA ARMORIAL (DO EXPERIMENTAL A FASE ARRAIAL)
GÊNERO: DOCUMENTARIO
DURAÇÃO: 21 minutos
SINOPSE: O documentário refaz a trajetória da música ligada ao Movimento Armorial através de depoimentos dos artistas que primeiro propuseram e executaram uma música erudita baseada nas raízes da cultura popular em Pernambuco, além de discutir a polêmica entre o Armorial e o Manguebeat, a partir de uma possível influência das manifestações populares. Além de entrevistas com artistas como Ariano Suassuna , Antônio Nòbrega , Siba e Lirinha , o documentário mostra ainda um pouco da diversidade cultural presente na música produzida em Pernambuco, que se tornou base de influências nacional e internacional .

DATA: 18/10/2007
LOCAL: SALA DE CINEMA DA CIDADELA CULTURAL ANTARCTICA
HORÁRIO: 19h30min
ENTRADA FRANCA

TÍTULO: HISTORIETAS ASSOMBRADAS (PARA CRIANÇAS MAL-CRIADAS)
GÊNERO: Animação
DURAÇÃO: 15 minutos
Indicado para todas as idades
SINOPSE: Três histórias assombradas baseadas no folclore brasileiro envolvendo sentimentos de medo comuns ao universo infantil.

TÍTULO: ALICE
GÊNERO: FICÇÃO
DURAÇÃO: 15 minutos
SINOPSE: Em desencontro na cidade, Alice e Alex traçam uma geografia sentimental de amos e perda .TÍTULO: DE 10 A 14 ANOS
GÊNERO: FICÇÃODURAÇÃO: 12 minutos
SINOPSE: Marciano tem esse nome mas nasceu no planeta terra. Em um veraneio chuvoso analisa a sua vida e de seus amigos, no presente, passado e futuro. O Filme provoca uma interessante discussão acerca do amadurecimento humano na conturbada fase da adolescência.

TÍTULO: MINHOCAS GÊNERO:
ANIMAÇÃODURAÇÃO: 15 minutos
SINOPSE: Quando a criança está pronta para perguntar, os adultos podem não estar preparados para responder. O dilema do questionamento, enfrentado por pais e filhos , é o assunto dessa família de minhocas, na qual o Júnior está crescendo e ainda não conseguiu do pai , da mãe e do avô nenhuma resposta convincente para uma questão que não pára de intrigá-la : por que é proibido cavar para cima?

TÍTULO: O RESTO É SILÊNCIO
GENERO: FICÇÃO
DURAÇÃO: 21 minutosIndicado a partir de 10 anos
SINOPSE: O filme conta a história de Lucas, adolescente surdo, que leva uma vida solitária, voltada apenas para livros e poesia. Até o dia em que Clara, também surda, vai estudar na escola de Lucas. A partir do encontro com a garota, a vida de Lucas mudará totalmente. O filme é totalmente falado na língua dos sinais(libras) e interpretado por adolescentes surdos.

SETOR DE CULTURASESC - JOINVILLE47-3433-3100 ramal 205

20/09/07

Mais uma boa-nova da produção de vídeo em Joinville: Borges de Garuva e Jura Arruda trocam roteiros e a cidade ganha dois novos curtas

Há três anos, Borges de Garuva e Jura Arruda foram convidados pela Studio Escola de Atores para escrever e dirigir vídeos para o módulo prático do curso de atores. A experiência rendeu aos dois o desejo de ver seus roteiros sob a ótica de outro diretor. Nasceu ali um projeto informal que será apresentado ao público no próximo dia 26 de setembro, às 20h, durante o Cine Chope que acontece no Visconde Café.

Borges de Garuva, escritor e dramaturgo escreveu o roteiro "A Noite em que a Ópera Esteve Em Joinville" e entregou a Jura Arruda, que por sua vez, escreveu o roteiro "Eu te amo você não sabe quanto" e deixou com Borges. O resultado dos curtas e a experiência das produções serão compartilhados com o público no lançamento do evento Cine Chope. Após a apresentação dos vídeos, os autores/diretores conversarão com o público para contar as curiosidades das mais novas produções em vídeo da cidade.

  • Sinopses e ficha técnica:

    A NOITE EM QUE A ÓPERA ESTEVE EM JOINVILLE
    Duração: 8 minutos
    Ficha técnica:
    Roteiro: Borges de Garuva
    Direção: Jura Arruda
    Edição: Alex Amino e Jura Arruda
    Elenco: Joseane Tomaz e Cristiano Navarro
    Sinopse: Uma famosa ópera vem a Joinville. Nando fica de conseguir ingressos para levar sua namorada, Carmen, mas não consegue. Após uma reação intepestiva da garota, ambos discutem e ela sai sem dizer para onde. Nando, sentindo um misto de derrota e raiva também sai para a noite. No entanto, no meio do caminho, um chute, uma sorte, uma descoberta podem fazer a as coisas mudarem seu rumo... Pode.

  • EU TE AMO VOCÊ NÃO SABE QUANTO
    Duração: 6 minutosFicha técnica:
    Roteiro: Jura Arruda
    Direção: Borges de Garuva
    Edição: Borges de Garuva
    Iluminação: Mario Espinosa
    Elenco: Sabrina Lermen e Amarildo Cassiano
    Sinopse:O fim de um relacionamento marca o início de um acordo. E o amor que termina se mostra de um valor inestimável, mas agora é tarde.

Cineasta recruta profissionais em Joinville

Os profissionais de Joinville e região que trabalham com teatro, artes visuais, música, moda, iluminação, sonorização e outros, podem tentar uma vaga de emprego na produção de um filme internacional.

O cineasta Roberto Carminatti estará na cidade no dia 30 de setembro para entrevistar profissionais interessados em auxiliá-lo nas gravações do filme “The Heartbreaker”. O longa metragem produzido pelo estúdio norte-americano Sunshine Films, será rodado no estado, com cenas a serem filmadas em Joinville.

Roberto Carminatti esteve na cidade no dia 18 de agosto, ministrando palestra sobre trabalhos na área do cinema.

Os interessados deverão comparecer no dia 30 de setembro, a partir das 9 horas, na sala de cinema da Cidadela Cultural Antarctica em Joinville.Quem já possui trabalhos nas áreas de figurino, cenário, fotografia, iluminação, produção de áudio e vídeo deve apresentar CD ou DVD.

17/09/07

Workshop de invenção em vídeo-arte


SESC - Serviço Social do Comércio oferece o Workshop de invenção em vídeo-arte

Assessor: Roberto Freitas
Grupo de no máximo 15 pessoas - Vagas Limitadas
Pré-produção, produção e pós-produção de vídeo-arte de pequena duração.

O workshop de 20 horas propõe um espaço para investigação e criação de vídeo-arte. A parte teórica passará por alguns clássicos da vídeo-arte para discutir sobre as possibilidades de produção em vídeos e seu significado dentro do contexto das artes plásticas. Hoje podemos perceber que se tornou muito comum artistas recorrerem ao vídeo para dar conta de sua produção visual. O workshop se propõe a iniciar na prática da produção do vídeo, sempre contextualizado ao universo das artes plásticas, problematizando questões históricas e conceituais segundo os seguintes tópicos:

*Vídeo-poema - Proposições de caráter poético para a tela;

*Vídeo como registro de ação - O vídeo pensado como espaço de registro de ações performáticas, a idéia da câmera não autoral e fria;

*Vídeo como disciplina artística - O vídeo que pensa as disciplinas tradicionais das artes plásticas: vídeo-pintura, vídeo-desenho, vídeo escultura, etc;

*Vídeo como tautologia - O vídeo que é uma investigação sobre a própria condição do vídeo. O vídeo auto-referente;

*Vídeo e solipsismo - O vídeo como espaço da incomunicabilidade e da não expressão.

As aulas serão distribuídas entre seminários teóricos que discutem a história e o conceito do vídeo-arte e uma parte prática que consistirá da pré a pós-produção de alguns vídeos feitos em coletividade. Assim se propõem dar bases e subsídios para a criação de vídeo-arte de uma maneira coerente e consistente dentro da produção dos artistas.

Local: Sala de Cinema da Cidadela Cultural Antartica

Datas: 24/25/26/27 de setembro das 18:00 as 23:00 horas

Inscrições Gratuitas na Unidade do SESC Joinville

Setor de Cultura SESC Joinville
Rua: Itaiópolis, 470 América
(47)34333100 ramal 219

14/09/07

Re Ação

Oficina Anima Mundi do Projeto “A Escola vai ao Cinema”


Sob orientação de profissionais especializados, o curso de teoria e prática de cinema de animação ofereceu oficina a duas turmas na semana de 06 a 10 de agosto, na Cidadela Antártica. Uma delas voltada para jovens a partir de 12 anos de idade, e a outra destinada a adultos, priorizando a participação de educadores e professores.
Com 20 vagas em cada turma e com duração de 20 horas-aulas durante cinco dias seguidos, os participantes elaboraram um filme de animação em criação coletiva do grupo. Os alunos elaboraram o roteiro e produziram cenas com técnicas de desenho, recorte ou modelagem em massinha. A oficina proporcionou ainda uma rápida abordagem teórica, por meio da exibição de filmes didáticos do acervo do festival Anima Mundi.
São diversos os objetivos propostos a jovens e adultos pelas oficinas do Anima Mundi, que é o festival anual que desde 1993 traz ao público brasileiro uma seleção com os melhores filmes e vídeos nacionais e internacionais. Entre eles estão: demonstrar o potencial educacional da linguagem da animação e incentivar o seu uso como instrumento didático; inverter o papel, antes apenas passivo, das crianças diante dos filmes de animação; difundir a arte da Animação, descobrindo e estimulando novos talentos; proporcionar uma atividade extracurricular ao mesmo tempo divertida e educativa, envolvendo professores e alunos na criação artística; propiciar aos professores auto-suficiência na criação e produção de filmes de animação com seus alunos e gerar um material didático diferenciado que ficará à disposição das escolas para uso em sala.
fonte:://www.sesc-sc.com.br/noticias/?c=noticia&nid=277


Re Ação - o curta de animação




Making of






Fotos